Publicado em

Vela a Exu da Sete Encruzilhada

Exu Rei Das 7 Encruzilhadas

vela para exu reiEsse Exu comanda uma das Falanges mais poderosas e numerosas de Exus.
Sua aparência astral é a de ser visto como um ente humano normal qualquer, com a característica que está sempre vestido de preto. Esse Exu Rei tem a particularidade de não incorporar, apenas o fazendo os seus comandados e sob as suas ordens diretas.
Esses testas-de-ferro, incorporados usando o nome do Chefe, usam sempre a expressão “meu chefe determinou isso, aquilo, vou consultar meu chefe, isso eu posso fazer, isso eu não posso fazer, (trocam” “chefe” por “superior” ou outra expressão análoga).
Isso não quer dizer que não tenham força. Tem e muita. É comum em seus trabalhos, pedirem para os consulentes colocarem nas encruzilhadas um charuto aceso, uma garrafa de marafo, bem como oferendas diversas.
Em terra, bebe bebida fina em taças e fuma charutos de boa qualidade. Comem carne de todos os tipos.
Incorporado, se apresenta e caminha como uma pessoa normal, sem mascara de sofrimento no médium e gosta muito de receber honrarias, ser servido e ser bem tratado, como só acontece com quem é Chefe. Protege por demais os seus médiuns, dando a eles a intuição do perigo e da desconfiança quando alguma coisa não vai bem.
Sempre deixa patente gostar que seu médium trabalhe mais com ele do que com as demais entidades da Direita de Umbanda.
Sua guia é Vermelha e Preta, trabalha muito com velas pretas, vermelhas, preta c/ vermelha.
Trabalha muito com ervas e na fixação do médium!
Seu metal: Ouro
Seu mineral: Quartzo branco bruto
Sua erva: Guiné
Trabalha na linha negativa de Oxalá serventia do caboclo Urubatão da Guia.
Esta Entidade se apresenta como um homem de avançada idade, de pele escura, barba e olhos vermelhos cor de brasa. Tem a metade de seu corpo (o lado esquerdo) queimada, sendo que sua perna esquerda não funciona bem, por isto é muito comum que se apóie em um bastão.
Prefere beber whisky de boa qualidade e fumar charutos grossos, sua voz é rouca, grave e forte. Quando está manifestado em um médium, gosta também de las aceitunas. Seu olhar é insostenible e quando se fixa em alguém parece que lhe atravessa, sabendo seus segredos mais íntimos. As pessoas que lhe conhecem em seguida notam certa autoridade nele e lhe respeitam.
Se divide en pasajes que envía ao mundo para que transmitam suas mensagens através de seus cavalos (médiuns), sendo que este sucede com todas as demais Entidades de Kimbanda.
Sua vestimenta quase sempre é em tons vermelho-negro, com toques brancos e às vezes trás dourados (quando for de Encruzilhada de Lira), prefere uma capa y la galera.
Gosta de trabalhar com pouco público, em sessões que tenham força espiritual, onde os que nelas se encontram estejam concentrados ao máximo para dar o melhor de si. Não é importantes a quantidade, sim a qualidade e o resultado final da cerimônia.
Em sua última encarnação foi um tatá nganga bantú, que foi trazido como escravo ao Brasil. Comenzó llegando en la Umbanda, como un “exu de bajo” y fué levantado para “el alto” quando se hicieron los sacrificios correspondientes en la Kimbanda. Quando lhe perguntamos porque se denominava “da Lira” contestou:
“Lira es una cidade africana, queda en las fronteras orientales del Reino Baganda, de allí vengo yo…”
Tem um caráter sério, amável e tranquilo, pero también puede ser enérgico y enojarse quando hay algo que no le gusta. Tem prazer em ensinar e doutrinar, por isto sempre está sacando de dudas a todo aquele que lhe faça perguntas, desde as perguntas mais insólitas como “porquê há estrelas…” até as mais comuns como “quero saber se meu esposo me engana…”.
Apesar do Exu Rei das 7 Encruzilhadas tenha sido posto em uma situação privilegiada por alguns autores (os que escreveram com muita subjetividade), ele mesmo afirma que não é o Rei absoluto da kimbanda, sim que apenas é um dos principais.
É rígido e severo no quanto a seguir as tradições e que os rituais se cumpram passo a passo como deve ser, aunque, como todo “exu” está aberto a los cambios, a las movilizaciones e innovaciones, sempre e quando os mesmos sean hechos por los próprios Exu.
Tem como finalidade comandar o Reino das Encruzilhadas, cujos integrantes atuam principalmente como ligadores especiais entre todos os Exus. Se subdivide a la vez en otros pasajes que son los que llegan en los médiums, por exemplo:
Exu Rei das 7 Encruzilhadas da Lira
Exu Rei das 7 Encruzilhadas da Kalunga
Exu Rei das 7 Encruzilhadas da Lomba
Exu Rei das 7 Encruzilhadas da Mata

É um exu de comando de linha, responde tradicionalmente em cruzeiro, mas quando é alta madrugada responde também junto ao povo de almas no cemitério.
Comportamento quando incorporado varia muito, desde uma forma vulgar até uma extremamente fina e educada.
Gosta muito de whisky, conhaque, bons charutos. Geralmente é muito ciumento com seu cavalo, o que faz com que pouco trabalhe com outras entidades ou exus.

Pelo que eu conheço do Exú Rei das 7 Encruzilhadas, ele não trabalha junto ao povo das almas no cemitério, visto ser ele um exú de energia mais sútil.

Também não vi um Exú Rei das 7 Encruzilhadas com um comportamento vulgar. Ele é um exú nobre (tão nobre quanto Tranca-Ruas que é o primeiro exú e ao qual todos respeitam) e muito, muito velho.
E também pelo meu conhecimento a maior companheira de Exú Rei das 7 Encruzilhadas seria a Cigana.
Rei das 7 Encruzilhadas Ou Astaroth é o terceiro na hierarquia de Exus.

Foi um nobre ingles do séc. XV ou XVI muito impiedoso e cruel, que de uma hora para outra perdeu seus bens e morreu na pobreza, doente e abandonado por todos. Foi resgatado e na espiritualidade e arrependido, resolveu quitar seus débitos trabalhando na linha de exu, pertence a linha malei da quimbanda, ou seja, a linha mais alta dentro das de exu , que seria uma espécie de controladora das demais. É um exu Tátá de Umbanda, responde pelo comando negativo da linha de Oxála.

Apresenta-se como um nobre de capa, cartola, e bengala gosta de beber bons uísques e fumar bons charutos. É extremamente símpatico, inteligente, um grande galanteador e trabalha como poucos, seus trabalhos e oferendas podem ser entregues em qualquer encruzilhada em forma de X (encruza de homem).

Pois todas estão sobre seu dominio, seja na mata, no cemitério ou até mesmo na praia. Muito procurado para resolver problemas de justiça ou negócios, sempre entra numa briga para ganhar.

A exu da sete encruzilhada se oferece velas:

Preta vermelhas e velas cruzadas